sábado, 24 de julho de 2010

Desvio de Donativos em Alagoas: Indigna - Ação - Edna Lopes




De Ação


"Sou humano, e nada do que é humano me é estranho”. Mais de uma vez durante esta semana, essa frase atribuída ao sábio Terêncio me veio ao pensamento, por várias razões, todas elas refletindo sobre atos e fatos divulgados pela imprensa.

Não estranho quando um HUMANO se revela capaz de por em risco a própria vida para salvar um pássaro nem poupa esforços para ajudar um “estranho” vítima de um acidente de trânsito, como também não estranho quando outro HUMANO se mostra capaz de roubar os donativos das famílias que perderam entes queridos, tudo que tinham de material e aos poucos perdem a dignidade, submetidos à condições abjetas de vida.

Enquanto uma ação me emociona e mantêm acesa a esperança e a fé que tenho na humanidade, a outra me indigna, me envergonha sobremaneira. Como pode alguém descer tão baixo? Como pode alguém ser tão torpe?

No final da semana passada, quando as primeiras denúncias de desvios ventilaram na imprensa, ouvi estarrecida, alguns relatos da desfaçatez de alguns que são pagos com nosso dinheiro para nos roubar. Acobertados sempre pela impunidade, não fazem cerimônia quando a questão é “se dar bem”, lucrar, mesmo as custas da miséria alheia.

Jamais incorreria no erro de generalizar! Transcrevo aqui um comentário de alguém num dos sites que publicou a notícia e faço minhas cada palavra: “Sabedoria em 23/07/2010 às 19:19 comentou: Justiça! O povo quer justiça e garanto a vocês que os Bombeiros Também! A luta desses homens nos Salvamentos e Resgates efetuados nestes dias, não pode ser manchada com esses eventos de alguns que não merecem estar com a camisa vermelha e a fênix em seu peito. GP.”(sic)

Outro comentário que me chamou a atenção: “bombeiro em 23/07/2010 às 18:26 comentou: Fico muito envergonhado por fazer parte do corpo de bombeiros nessas horas, mas isso que aconteceu é um mal necessário, pois todo mundo sabe da corrupção que existe dentro da instituição, vários coronéis e demais oficiais são verdadeiros larápios, de combustíveis, licitações, notificações e vistorias em prédios e empresas etc. e quando as denuncias são feitas por integrantes da corporação, os punidos são os denunciantes que são penalizados devido à hierarquia nojenta que favorece a corrupção e o abuso de poder... essa era uma ótima oportunidade para de fazer uma auditoria nos quartéis do interior onde se faz verdadeiras fortunas com o dinheiro dos trabalhadores. essa é a hora MP, PF e SEDES.”(sic)

Diante da minha desolação, meu filho, ainda um menino, comenta frustrado: “Mãe, como as vezes tenho vergonha de ser brasileiro...”

Desculpa, meu filho. Sem forças para contra-argumentar... Quisera eu nos poupar disso também...

“Que criatura agradável é o homem, quando ele é um homem”


Se alguém quiser ler a notícia:

http://www.tudonahora.com.br/noticia/maceio/2010/07/23/104825/tres-militares-sao-presos-por-desvio-de-donativos



Um comentário:

Toninhobira disse...

Lamentavel querida Edna, esta coisa do se dar bem.Relatos que nos enojam e entristecem a alma.Vi pela TV um reagate em BH-MG um dos anjos do asfalto em sua ação e aproveitando para recolher(saquear) carga do caminhao acidentado,mas este foi punido. Boa e reflexiva postagem no sentido de fazer e repensar a formação do bicho homem.A gente vai sempre pensar que esbarra na educação,né? Meu abraço.