segunda-feira, 1 de abril de 2013

Regina Casé, Ivete Sangalo e a Biblioteca do Paiaiá


E assim caminha a humanidade. Ex-aluno da mãe de Ivete Sangalo emociona a plateia do Programa Esquenta, de Regina Casé, ao doar a Ivete Sangalo o primeiro livro que ele leu, presente da mãe da diva da axé. Porém há um detalhe: o dito cidadão foi o fundador da biblioteca do Paiaiá, povoado de Nova Soure, interior norte da Bahia, que ganha fama em todo mundo pelo grande acervo que dispõe. Enquanto isso, bem perto de lá, a minha terra, que muito se orgulha de nas festas contratar Ivete Sangalo, Psirico, Xande, Cláudia Leite, Chiclete com Banana, Banda Calipso, e outras do mesmo naipe, apesar de ser a terra de um escritor famoso em todo mundo, Antonio Torres, apesar de todos os esforços de várias entidades tais como ABL, ALB, Fundação Miguel Calmon, Fundação Casa de Jorge Amado, além dos esforços dos amigos e parentes do escritor em doar livros para a biblioteca pública, ela não passa de joguete nas mãos dos políticos, sendo que, cada prefeito que entra, só fica satisfeito quando joga seus livros em cima duma carroceria de caminhão e transporta para lugar pior. A situação é tão crítica que desta vez colocaram-na num lugar tão apertado que não aceita mais nenhuma doação por pura falta de espaço. E o povo, cujos filhos cujos filhos são os principais prejudicados, em vez de juntar sua voz a quem protesta e cobrar responsabilidade dos políticos fica é com raiva de quem denuncia.

Êta cidade de meu Deus! Aprendam com o exemplo do Paiaiá! Não é bonito isso? O que me dá vontade agora é que, em vez de ficar feito João Batista clamando no deserto e atraindo a ira de Salomé, acho que vou pedir doações para a biblioteca do Paiaiá. Lá, ao menos, o povo dá valor e o devido respeito aos livros.



2 comentários:

Geraldo Moreira disse...

Ronaldo,sou amigo do AAntônio Torres e temos quase todos os livros dele lá na Biblioteca. Somos vizinhos e você pode entrar em contato com José Arivaldo Prado pelo e-mail pradoarivaldo@ig.com.br ou pelos telefones 75-34377013 (biblioteca),75-34377048 (residência) e 75-99753903 porque lá alguns livros para doar, e nossa intenção é atender pessoas igual a você que tem interesse de estimular a leitura na sua comunidade. Vamos reforçar esta ideia.
Abraços,
Geraldo Prado

Ronaldo Torres disse...

Geraldo, obrigado pela atenção, mas, no momento, é impossível se enviar livro para a BMAT. Estou pedindo para os doadores enviar suas contribuições para a biblioteca da Escola Ayrton Senna, que fica num assentamento chamado Papagaio, e atende a comunidades do Junco, Inhambupe e Água Fria. Essa biblioteca foi construída pela própria comunidade assentada, juntamente com alunos e professores da escola, e o povo de lá iria lhe agradecer de coração. Caso você queira redirecionar sua contribuição, e não podendo ir lá, pode enviar em nome da biblioteca da Escola e em atenção da professora Claudinei Pereira Reis, Av. César Borges, s/n, Sátiro Dias - Bahia - CEP: 48485-000.

Ah! sim: sou irmão de Antonio Torres.